Seg - Qui 8:30 - 17:30 - Sex 8:30 - 17:00
(41) 2106-0010
comercial@ctsconsultoria.com.br
R. Emanuel Kant 60 - sala 713 a 718

Capão Raso - Curitiba/PR

Com a finalidade de estimular avanços no modelo assistencial das operadoras, oferecendo suporte teórico e operacional para um melhor planejamento e gerenciamento dos programas a partir da perspectiva do envelhecimento saudável e da melhoria da qualidade de vida, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) irá promover workshops regionais sobre promoção da saúde e prevenção de riscos e doenças em Curitiba (15/09), Fortaleza (29/09) e Rio de Janeiro (06/10).

Promover a saúde e não apenas tratar doenças. Essa mudança de paradigma no sistema de saúde é um dos objetivos da ANS em consonância com a Política Nacional de Promoção da Saúde. Como 26% da população brasileira possuem planos privados de saúde, as operadoras têm um papel fundamental para garantir a mudança de comportamento desejada dentro dessa parcela da população, incentivando a ideia de que da saúde se deve cuidar todos os dias.

O desenvolvimento tecnológico, a mudança do perfil epidemiológico, o envelhecimento populacional e o aumento de doenças crônicas são desafios que as operadoras enfrentam na prestação da assistência à saúde. No caso das doenças crônicas, por exemplo, que representam 72% das causas de morte, sabe-se que tabagismo, uso abusivo de álcool, inatividade física e alimentação não saudável são quatro fatores de risco que favorecem o surgimento de tais doenças. O controle desses quatro fatores pode prevenir 80% das doenças do coração, dos Acidentes Vasculares Cerebrais (AVCs) e das diabetes tipo II, além de cerca de 40% dos tipos de câncer. Dessa forma, modelos de atenção à saúde com ênfase na promoção da saúde e o gerenciamento de riscos e doenças são mais efetivos e menos custosos do que modelos focados apenas no tratamento das doenças.

Questões como essas serão discutidas nos workshops regionais, que contará ainda com a apresentação de programas bem-sucedidos de promoção e prevenção realizados por algumas operadoras.

Fonte: ANS

Posts recentes

Fale conosco

Surgiu alguma dúvida, fale conosco!

Categorias